Este assunto está na minha pauta de publicações muito antes do blog, algo que sempre trago à tona quando estou conversando de negócios com amigos.

Acredito que ter um propósito tem relação direta com o empreendedor e o sucesso do negócio, e quando me refiro a propósito vou além do objetivo final, como ganhar dinheiro, reconhecimento e até mesmo prestígio.

Mas antes de falarmos do propósito de uma empresa quero perguntar a você, sabe me dizer qual o seu propósito de vida?

Saber responder o seu propósito é conhecer o porquê de estar fazendo o que está fazendo, é entender aonde se quer chegar, e veja bem, não confunda com objetivo. Objetivo é aquilo que queremos, propósito é o porquê estamos fazendo isto.

Descobrindo meu propósito

Não existe uma fórmula exata, até porquê é um assunto bastante pessoal e subjetivo, cada pessoa tem seu jeito de pensar e lidar com isto, às vezes chamamos de objetivos, planos ou metas de vida, mas na sua essência todos tem um Propósito.

Apesar de não existir uma fórmula, existem perguntas que podem ajudar a entender o seu propósito e do seu negócio, perguntas que devem ser feitas e repetidas sistematicamente, que vão lhe ajudar a refletir sobre sua real motivação.

O ponto de partida é escrever seu propósito e perguntar: “Porquê estou fazendo isto?”. Com a resposta pergunte novamente: “Para que estou fazendo isto?”.

A grande essência destas perguntas é se questionar, tentar entender a real motivação daquilo que está sendo feito, devemos ter em mente que há uma razão para tudo na vida, e criar um negócio não deve ser diferente.

Propósito da empresa

Criar uma Startup não é uma tarefa simples como muitos livros e filmes contam, você está montando uma empresa, que muito em breve vai lidar com aspectos complexos, como operação, gestão financeira, gestão de pessoas e investimentos, muitos desafios e momentos de crise vão surgir, você vai precisar de resiliência e persistência para lidar com isto, ter um propósito claro vai lhe ajudar.

Quando criamos um negócio, muitas vezes ele surge de um oportunidade, de uma inspiração ou até mesmo do desejo de empreender, isto é ótimo, mas devemos ter em mente qual necessidade de mercado estamos resolvendo, precisamos ir além dos desejos e planos pessoais, precisamos criar uma solução para um problema real.

Mas por quê criar uma solução para um problema real?

Simples, você terá uma motivação, o mercado entenderá o seu papel, os colaboradores certos vão se engajar e clientes em potenciais saberão que você está disposto a resolver o problema deles.

Tendo um propósito conseguimos posicionar nossa empresa, criar uma missão e direcionar as forças certas para construir a solução ao problema que estamos resolvendo. Para o mercado nos tornamos referência, passamos a ter domínio sobre o assunto e se investirmos no nosso produto, passamos a ser a principal escolha dos clientes em potencial.

Exemplos práticos

Se olharmos para o mercado de tecnologia, é fácil encontrar diversas empresas que possuem um propósito claro e definido, que apesar do seu tamanho raramente mudam de curso.

Airbnb

Fundada em 2008 por Brian, Joe e Nathan, após alugar alguns espaços dentro do apartamento deles para ajudar com o aluguel do apartamento onde moravam em São Francisco, Califórnia. A grande ideia foi desenvolvida em apenas uma noite, o site foi para o ar com apenas uma opção e hoje vale mais de US$ 25 bilhões.

O propósito? Oferecer soluções de hospedagem em qualquer lugar, hoje são referência em Hotelaria e são maiores que a rede de Hoteis Hilton.

Facebook

Criada em fevereiro de 2004 por Mark Zuckerberg , inspirado no Facemash, um jogo que ele criou com seus amigos Eduardo Saverin, Chris Hughes e Dustin Moskovitz, que mais tarde se tornaram sócios. A ideia do TheFacebook.com (originalmente) era criar um site universal que pudesse conectar pessoas de todas as universidades, inicialmente em Harvard. Mark Zuckerberg desenvolveu em apenas 1 semana, avisou alguns amigos e em 24 horas já tinha 1200 pessoas registradas. Hoje com 12 anos, já são mais de 1 bilhão de usuários.

Qual o propósito? Conectar pessoas em qualquer localidade, ampliando seu plano inicial de conectar alunos de todas as universidades.

Google

Criada por Larry Page e Sergey Brin enquanto frequentavam a Universidade de Stanford como estudantes de doutorado em 1995, inicialmente um mecanismo de pesquisa chamado BackRub localizado nos servidores de Stanford, só em meados de 1997 que foram registrar o domínio Google.com, uma brincadeira com a palavra “googol”, um termo matemático para o número representado pelo numeral 1 seguido por 100 zeros, palavra que reflete a missão de Larry e Sergey, organizar uma quantidade de informações infinita na web.

Qual o propósito? Organizar as informações e torná-las acessíveis para qualquer pessoa em qualquer lugar.

Netflix

Fundada em Agosto de 1997 por Reed Hastings e Marc Randolph como um serviço de entrega de DVDs pelos correios, na pequena cidade de Scotts Valley, sua operação se concentrava no aluguel de filmes “à la carte” ao custo de US$ 4 por filme. Após um longo ciclo de mudanças, que merece um post para contar esta história, em 2005 a empresa passou a oferecer um plano ilimitado de serviço de streaming de vídeos. Atualmente com mais de 81 milhões de assinantes e disponível em todo o mundo.

Qual o propósito? Aluguel de filmes sob demanda disponíveis em qualquer lugar.

É bem provável que para você esteja claro este assunto, a importância de se ter um propósito. Vale refletir sempre, nos questionar e buscar a melhoria constante, é fundamental para nossa evolução e prosperidade dos nossos negócios.

Estas são algumas empresas de exemplo, todas com um propósito bem definido, dispostas a resolver um problema real, que apesar de todo o tempo e mudanças, seguiram firmes evoluindo seus produtos, tornando-se líderes em seus mercados.

Se ainda restar dúvidas sobre o seu propósito, reflita, quanto mais claro for sua definição, mais leve e divertida será sua vida. 🙂